O período de fazer a Declaração do Imposto de Renda (IR) de 2022 está se aproximando, e é hora de começar a organizar os documentos necessários para evitar dores de cabeça. No artigo de hoje vamos ajudar você a declarar seu plano de saúde para garantir dedução de despesas de saúde como mensalidades do plano, consultas médicas e coparticipação, por exemplo.

Para não cair na malha fina, além de declarar da maneira certa – que vamos te explicar a seguir – é preciso lembrar que em planos empresariais, onde a empresa arca com todos os custos, o contribuinte não tem direito a fazer deduções. Isso porque, as deduções só podem ser feitas caso os gastos sejam referentes ao contribuinte ou seus dependentes, beleza?

O que eu preciso para declarar meu plano de saúde?

Para declarar seu plano de saúde, você precisa solicitar à sua operadora ou administradora de benefícios o seu informe de rendimentos. Nele estão registrados todos os pagamentos efetuados durante um ano por uma pessoa física ou jurídica.

Quais são as regras?

Planos de Saúde Coletivos por Adesão:

Com o informe de rendimentos em mãos, você ou a pessoa responsável por fazer a declaração pode declarar de duas formas: importando o arquivo no programa do imposto de renda ou inserindo as informações manualmente.

Planos de Saúde Empresariais

Como falamos anteriormente, em planos empresariais onde a empresa arca com todos os custos, o contribuinte não precisa declarar no imposto de renda,ou seja, não tem direito a fazer deduções.

Agora, se o plano é de coparticipação e a empresa paga parte do plano de saúde, você deve fazer a declaração. Mas atenção: desconsidere o valor pago pela empresa e insira apenas o valor da sua parte.

Para planos de saúde com dependentes

Na hora de declarar os gastos de planos de saúde que incluem dependentes ou beneficiários de pensão alimentícia (alimentandos), é só cadastrar a(s) pessoa(s) em Dependentes ou Alimentandos na página da declaração e informar o(s) CPF.

Os planos de saúde pagos para quem não se qualifica como dependente ou alimentado também podem ser declarados, mas não são considerados valores dedutíveis.

Atenção: As despesas só podem ser declaradas por um responsável (pai, mãe ou tutor). Ao declarar dependentes menores de 18 anos sem CPF, basta informar nome completo e data de nascimento.

Gastos com saúde

Se você teve despesas com direito a reembolso parcial em qualquer categoria de plano de saúde, declare o valor gasto e o reembolsado na área de Pagamentos Efetuados. Não se esqueça que esse tipo de despesa também deve ser comprovada.

Qual a maneira correta de declarar?

Apesar da Receita Federal ter simplificado o processo de preenchimento do formulário de declaração de imposto de renda, é comum ficar em dúvida entre qual modelo de declaração escolher. Se você possui gastos com educação, saúde e/ou previdência privada para deduzir, recomendamos o modelo por deduções legais, também conhecido como completo.

Mas se você tiver dúvidas, o programa da Receita te ajuda a escolher a opção mais vantajosa. Depois de preencher toda a sua declaração, você pode conferir a área “Opção pela Tributação” no canto inferior esquerdo do programa. É lá que você compara os valores entre os modelos de declaração e escolher qual é o mais vantajoso.

Agora você já sabe que declarar seu plano de saúde não precisa ser um bicho de sete cabeças, não se esqueça de guardar todos os seus comprovantes por no mínimo 5 anos, tudo bem? Assim você tem sua tranquilidade garantida caso precise comprovar algo para a Receita Federal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.